Alanna Ludmila ainda esta desaparecida e o principal suspeito é o padrasto.

Alanna Ludmila, de apenas 10 anos, está desaparecida.

PAÇO DO LUMIAR/MA – Grande parte do efetivo das policiais Militar e Civil lotadas na capital estão empenhadas na busca da menina Alanna Ludmila, 10 anos, desaparecida desde quarta-feira (01) por volta das 13h da casa onde mora com a mãe, no Maiobão, em Paço do Lumiar. O padrasto da menor, Robert Serejo Oliveira, encontra-se foragido desde a madrugada de quinta-feira.

A mãe da pequena Alanna Ludmilla, que desapareceu quarta-feira (1º) de casa no Maiobão, em Paço do Lumiar, fez nesta quinta-feira (2) um apelo contra boatos envolvendo o caso.

Numa entrevista à TV Difusora, ela implorou para que falsas informações sobre a suposta localização da criança não sejam repassadas adiante.

“Eu não sei dizer onde está minha filha. Eu só peço que quem viu, que seja verdade, gente. Parem de mentira! Estão dizendo que foi encontrada. Isso dificulta, isso prejudica encontrar minha filha. Gente, para com isso”, pediu.

 

 

Você pode gostar...