Após reajuste, SET agora defende passagem para R$ 4,16.

Superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luis (SET), Luis Claudio Siqueira.

SÃO LUÍS/MA – O superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luis (SET), Luis Claudio Siqueira, concedeu neste fim de semana uma alarmante entrevista ao jornalista Marco D’Eça.

Diz o representante dos empresários que, mesmo após o anunciado reajuste de tarifas do transporte público da capital, na casa dos R$ 0,20 o sistema ainda pode parar porque o aumento não é o suficiente para a categoria.

Segundo ele, em virtude dos investimentos após a licitação, a tarifa adequada seria de R$ 4,16.

“Esse reajuste de R$ 0,20 não contempla as empresas. O que defendemos é uma tarifa ou um subsídio que traga o equilíbrio econômico para as empresas continuarem a prestar um bom serviço: R$ 3,85 para custeio do sistema atual; e R$ 4,16 para manter os investimentos previstos na licitação”, declarou.

 

(FONTE: GILBERTO LÉDA)

 

Você pode gostar...