Caravana Escola Digna 2.0 chega na Regional de Educação de Bacabal, nesta terça-feira (10)

CARAVANA ESCOLA DIGNA.

MARANHÃO – Com o intuito de debater o futuro do Programa Escola Digna e a destinação dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) com educadores de todo o Maranhão, o Governo do Estado deu início à Caravana Escola Digna 2.0, que percorrerá as 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão. Nesta terça-feira (10), será a vez do município de Bacabal sediar o evento.

Estão convidados para o encontro, que ocorrerá às 16h, no Colégio Militar Tiradentes III, localizado no Centro, dirigentes municipais de educação e educadores de 11 municípios que compõem a Regional de Bacabal, sendo eles: Altamira do Maranhão, Bacabal, Bom Lugar, Brejo de Areia, Conceição de Lago-Açú, Lago Verde, Marajá do Sena, Olho D’Água das Cunhãs, Paulo Ramos, São Luís Gonzaga do Maranhão e Vitorino Freire.

A ideia é que, com um amplo diálogo, gestores educacionais da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), secretários municipais e educadores debatam sobre questões fundamentais e ações para a consolidação da Política Educacional maranhense.

A caravana pautará, ainda, os precatórios do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério), que vigorou até 2006, e foi substituído pelo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. Os precatórios são valores devidos pela União aos estados e municípios em razão de retenções ilegais no Fundef ocorridas entre 1998 e 2006. A dívida já foi reconhecida em 2017 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e implicará no pagamento desses recursos por parte da União e sua destinação deverá ser exclusivamente vinculada a investimentos em educação.

SERVIÇO:
O quê: Caravana Escola Digna 2.0 em Bacabal

Quando: Nesta terça-feira (10), às 16h
Onde: Colégio Militar Tiradentes III – Rua Frederico Leda, s/n – Centro (ponto de referência: Corpo de Bombeiros/Clínica dos acidentados).

Você pode gostar...