COM SALÁRIOS ATRASADOS, TRABALHADORES FAZEM PROTESTO NA PREFEITURA DE SÃO LUÍS.

PROTESTO CONTRA PREFEITURA DE SÃO LUÍS

PROTESTO CONTRA PREFEITURA DE SÃO LUÍS.

Um grupo de cooperados e terceirizados que trabalham nas empresas Result Consultoria e Multicooper, que prestam serviço à Secretaria Municipal de Educação (Semed), voltou a protestar ontem em frente ao Palácio de La Ravardière, sede da Prefeitura de São Luís, contra o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Eles exigiam de Edivaldo Júnior explicações por não ter cumprido a promessa de pagamento de salários atrasados há 20 meses para a classe trabalhadora.

Formado por mulheres e homens, que trabalham em diversas atividades desenvolvidas em todas as escolas municipais de São Luís, o grupo de manifestantes agitou a manhã e a tarde na Praça Pedro II, com faixas e palavras de ordem, cobrando uma resposta do gestor municipal. A Prefeitura de São Luís deveria ter feito um repasse de R$ 564 mil, que correspondia a cerca de três parcelas do montante de salários atrasados, como havia anunciado na quinta-feira, dia 16. Na manhã de ontem, porém, as contas dos funcionários continuavam zeradas e eles decidiram voltar ao palácio para tentar pressionar o prefeito a pagar a dívida, conforme acordo firmado.

Você pode gostar...