“COSAR” É O REFORÇO QUE FALTAVA PARA OS COMBATE AOS ASSALTOS A BANCOS E SECRETARIO JEFFERSON FALA DO INVESTIMENTO PARA SEGURANÇA.

GRUPO DO COSAR.

GRUPO DO COSAR.

MARANHÃO – A operação das policias militar e civil realizada no sábado (16) nas cidades de Grajaú e Icatu, trouxe a público um nome que deve se tornar comum no noticiário maranhense: COSAR. Os policiais do Cosar, participaram da operação que resultou na prisão de três pessoas (Luís Alberto Freitas Alves, de 29 anos, que seria filho do ex-vereador Adalberto Rocha Alves, o “Dako”; José Maria Marques Cantanhede, 55; e Wellyson de Sousa Santos, 22.) e na morte de dois homens ainda não identificados, todos suspeitos de participarem do assalto à agência do Bradesco no dia 12 de janeiro em Icatu (veja vídeo abaixo)

O Cosar é uma tropa formada por policiais militares e que foi criada já no governo Flávio Dino. A primeira turma foi formada no primeiro semestre de 2015 e a segunda turma em janeiro deste ano. O grupo recebe esse nome por causa da especialização que recebe através do Curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural.

Os policiais do Cosar são qualificados para para agir diretamente no combate à criminalidade em todo o estado. Os treinamentos aconteceram na selva no município de Imperatriz-MA e foram ministrados pelo 50º BIS, unidade do Exército Brasileiro sediada naquela cidade. O 12º BPM de Estreito-MA e a 12ª CI de Rosário-MA participaram dos treinamentos e em São Luís-MA o 24º BIL também prestou sua contribuição com a qualificação dos concludentes.

O novo Comandante Geral da PM, coronel José Frederico Pereira foi o coordenador das duas turmas do Cosar que tem a finalidade de combater o crime organizado, enfrentar ações de quadrilhas e, principalmente, assaltos a agências e instituições financeiras no Interior do Maranhão.

SECRETARIO DE SEGURANÇA JEFFERSON PORTELA.

SECRETARIO DE SEGURANÇA JEFFERSON PORTELA.

Para o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, o investimento do governo é feito de forma acerdada: “Além de qualificar a tropa para atuar de frente contra este tipo de criminoso que assalta bancos e explodem caixas eletrônicos, o Governo do Maranhão tem investido na compra de novos equipamentos, a exemplo das munições especiais que foram adquiridas e a compra de mais 300 novas viaturas que serão incorporadas em 2016, sendo que do total, 150 viaturas, que possuirão uma tecnologia avançada com filmagem interna e externa, serão entregues já em janeiro de 2016. São medidas que contribuirão para reduzir os índices deste tipo de crime”.

 

FONTE: BLOG DO LOUREMAR

Você pode gostar...