DIEGO POLARY VOLTA A SER APONTADO COMO AUTOR DAS FACADAS QUE MATARAM O ADVOGADO BRUNO MATOS.

O ADVOGADO BRUNO MATOS FOI MORTO NA SAIDA DE UMA FESTA.

O ADVOGADO BRUNO MATOS FOI MORTO NA SAÍDA DE UMA FESTA.

SÃO LUÍS – O jovem Alexandre Soares, 24 anos, irmão do advogado Brunno Matos, assassinado na manhã do dia último dia 06, prestou depoimento no 7º DP/Turu, na manhã desta quarta-feira(15). Alexandre, na tentativa de socorrer o irmão, terminou sendo ferido gravemente na região abdominal, ficando com parte do intestino comprometida. 

No depoimento, Alexandre afirmou que foi o Diego Polary quem desferiu os golpes de faca que levaram à morte de Brunno e o deixaram ferido gravemente.
Segundo a vítima, no momento da saída da festa de comemoração da vitória de Roberto Rocha, perceberam que os veículos estavam danificados e foram falar com Carlos Humberto Marão Filho, apontado como autor dos danos, que estava em companhia de um vigia. 
Depois de uma discussão,  Marão empurrou o advogado Bruno, iniciando-se uma briga. Em seguida, surge Diego Polary que saiu de um portão de uma residência com uma faca na mão e desferiu um golpe no advogado Brunno que foi ao chão. Já esfaqueado, Alexandre viu o momento que Wesley estava junto com o irmão no chão tentando socorrê-lo. Kelvin ainda trocava agressões com Marão, quando Diego Polary o golpeou com uma facada em suas costas. Nesse momento, Kelvin e Wesley aproximaram-se a fim de socorrer o advogado. Marão teria continuado com as agressões. Diego Polary, dessa vez, se aproximou de Alexandre Soares e o atingiu com um golpe de faca na altura do abdômen.

Alexandre finaliza o depoimento afirmando que Diego Polary participou de toda a briga e foi o autor de todos os golpes de faca que o feriram e causaram a morte de Brunno, além de ferimentos em Kelvin.
Termina nesta quarta-feira(15) o prazo para o delegado mandar o inquérito para a justiça. 
Depoimento de Alexandre.

Depoimento de Alexandre.

Depoimento Alexandre.

Depoimento de Alexandre.

 

Você pode gostar...