DILMA VOLTA A SER XINGADA DURANTE DERROTA DO BRASIL PARA À ALEMANHA.

TORCIDA REVOLTADA.

TORCIDA REVOLTADA.

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff voltou a ser xingada durante a partida da seleção brasileira nesta terça-feira (8). O Brasil enfrentou a Alemanha pela semifinal da Copa e perdeu de 7 a 1. Logo após a Alemanha fazer seu quinto gol, aos 29 minutos do primeiro tempo, parte da torcida no Mineirão gritou “Ei, Dilma, vai tomar no c…”. O canto durou cerca de 30 segundos e não foi gritado por todo o estádio. Antes de o Brasil tomar o sexto gol, já no segundo tempo, os xingamentos à presidente voltaram, desta vez com mais força.

A presidente havia sido xingada pela primeira vez nesta Copa na abertura do torneio, em 12 de junho, durante o duelo entre Brasil e Croácia, no estádio do Itaquerão, em São Paulo. Na ocasião, Dilma disse que não se perturbaria por agressões verbais. “Eu não vou me deixar atemorizar por xingamentos que não podem ser sequer escutados pelas crianças e pelas famílias”, afirmou. Nos outros quatro jogos da seleção brasileira, não houve menções a Dilma Rousseff. Dilma havia afirmado na segunda (7), em uma nova rodada de entrevista via rede social, que irá entregar a taça da Copa do Mundo, no próximo domingo (13), e disse que vaias de xingamentos são “ossos do ofício”. 

 

Você pode gostar...