Em Colinas, vice-governador visita Arraial da Vacinação e vistoria obras do IEMA

Vice-governador Carlos Brandão acompanha Arraial da Vacinação em Colinas.

MARANHÃO – O Governo do Estado continua ampliando a vacina em todos os municípios. Na terça-feira (29), o vice-governador Carlos Brandão esteve no município de Colinas, a 385 km de São Luís, onde acompanhou o Arraial da Vacinação, no Centro de Ensino Maria José Macedo Costa. A iniciativa, realizada em parceria com a Prefeitura, teve como público-alvo pessoas a partir de 30 anos.

“O Arraial da Vacinação é uma prática desenvolvida no estado inteiro. O Maranhão já é o 7º na vacinação no Brasil. Todo mundo tem que se vacinar com as duas doses, para que a gente possa conseguir a imunidade”, orientou o vice-governador, que também visitou o sistema de vacinação em drive-thru, na praça Henrique Leite.

A primeira cidade brasileira a vacinar toda a população adulta é a maranhense Alcântara. Além disso, o estado registra o menor índice de mortalidade ocasionado pela Covid-19, com 1.209 mortes por milhão, enquanto a média nacional é de 2.347.

O êxito é uma soma de esforços, como a conscientização da população que, cada vez mais, tem entendido a importância da vacina e da manutenção das medidas preventivas, como é o caso de José Carlos, de 36 anos, morador de Colinas. “É muito importante essa vacina, porque a gente vai ficar protegido. É uma iniciativa muito boa. Agora é manter os cuidados, ficar usando máscara até tomar a outra dose”, afirmou.

Já a moradora Fernanda Pereira, de 32 anos, disse se sentir aliviada com o primeiro passo para a tão aguardada imunização. “Eu me sinto aliviada [com a vacina], porque já morreu muita gente. Só que ainda precisa ter cuidado, porque essa doença surpreende muita gente”, pontuou.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a estratégia e estrutura logística passam pela mobilização que é feita com as cidades.

“Desde o Arraial da Vacinação, a gente subiu mais de dez posições no ranking de vacinação. Isso tem demonstrado que há uma estratégia que tem dado certo: a gente mobiliza as cidades, as prefeituras. E gente vê que a cidade está parada para poder se vacinar, e é esse o nosso objetivo”, disse Carlos Lula.

A prefeita Valmira Miranda agradeceu ao Governo Flávio Dino pelo empenho e atenção destinados a todo o estado. “Hoje estamos aqui com três mil doses. E eu quero aqui agradecer por tudo que ele [governador] tem feito pelo nosso Maranhão, em especial pela nossa Colinas”.

IEMA

A agenda em Colinas, conduzida pelo vice-governador Carlos Brandão, seguiu com vistorias na unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), que já alcançou 75% de obras concluídas e terá capacidade para atender cerca de 400 estudantes do ensino médio e técnico. Segundo o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a escolha dos cursos será conforme a vocação da cidade.

“No máximo em 90 dias, esta obra estará concluída e nós iremos discutir os cursos que serão implantados de acordo com a vocação da cidade. Já em 2022, iniciaremos o ano letivo como uma escola em tempo integral”, afirmou o secretário.

A nova unidade recebeu o nome de Professora Graça Saraiva, que foi educadora e pesquisadora em Colinas. Saraiva era mãe do secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry, que agradeceu a homenagem e recordou a experiência exitosa ocorrida no município na área da educação.

“A gente fica lisonjeado, muito honrado, porque essa é uma homenagem que faz jus ao trabalho de educadora que ela teve. Colinas é uma cidade que teve a mais importante tradição educacional num dado momento da história, foi capa de revista nacional com a experiência do Centro Integrado de Educação, o Cinec”, relatou o secretário, que continuou: “É essa mesma Colinas que, agora, recebe o IEMA. Portanto, se inscreve nessa tradição cultural e educacional de nossa querida cidade”.

Também participaram da agenda, os prefeitos de Mirador, Jatobá, Buriti Bravo, Paraibano e Sucupira do Norte; o reitor do IEMA, Alex Oliveira; o deputado Arnaldo Melo; a ex-deputada Nina Melo; os secretários de Estado de Articulação Política, Rubens Junior, e o de Agricultura Familiar, Rodrigo Lago.

FELIPE CAMARÃO FALANDO DO AVANÇO DAS ESCOLAS.

Você pode gostar...