Empossada nova diretora da Escola Superior do MPMA

Promotora de justiça Karla Adriana Holanda Farias Vieira foi empossada nesta segunda-feira, 6.

SÃO LUÍS/MA – Em cerimônia virtual transmitida do Centro Cultural, em São Luís, a promotora de justiça Karla Adriana Holanda Farias Vieira foi empossada nesta segunda-feira, 6, como a nova diretora da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão (ESMP). Ela vai comandar a instituição educacional no biênio 2020-2022.

Karla Adriana Vieira é titular da 15ª Promotoria de Justiça Cível de São Luís, mestra em Direito Constitucional (Universidade de Fortaleza), doutora em Direitos Humanos (Universidade de Salamanca, na Espanha) e membro do Instituto Brasileiro de Direito de Família.

O promotor de justiça Márcio Thadeu Silva Marques citou como avanços de sua gestão à frente da ESMP, de 2018 a 2020, a interiorização das atividades e acessos aos serviços, a dinamização da educação a distância e a reativação do programa de pós-graduação. Ele também destacou a competência profissional da nova gestora. “Tenho certeza de que sua experiência nesta ESMP, sempre de sucesso, além de sua competência acadêmica, constituirão a bússola a guiar seu caminho de trabalho e realizações cada vez maiores”.

Ao iniciar seu discurso, Karla Adriana Vieira enfatizou que a Escola Superior é um ambiente que estimula a educação como um processo contínuo onde membros, servidores e estagiários do Ministério Público se capacitam para melhor servir ao povo maranhense.

“Na Escola Superior, é onde se dá o encontro do Ministério Público com a ciência. É, também, onde se dará o encontro nosso com todos, e, aqui, enfatizo as minorias, pois somos orgulhosamente plurais”, afirmou a nova diretora. Ela informou que a ESMP terá como foco, em sua gestão, a mulher, o negro, as pessoas com deficiência, a população LGBTQ+, os povos tradicionais indígenas, quilombolas e demais minorias.

A subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Administrativos, Regina Maria da Costa Leite, destacou a experiência acadêmica da nova diretora e a sua atuação como promotora de justiça auxiliar da ESMP nos biênios 2010-2012 e 2018-2020 e como coordenadora de pós-graduação do MPMA. “Desejo-lhe êxito no exercício do cargo e estou certa de que contribuirá para o engrandecimento da nossa instituição”.

A opinião foi compartilhada pela corregedora-geral do MPMA, Themis Maria Pacheco de Carvalho, que abordou a necessidade de adaptação em um ambiente de pandemia e de mudanças sociais. “A ESMP é um lugar de treinamento e aperfeiçoamento e precisamos nos adaptar. Desejo uma boa administração. Boa sorte e sucesso”.

Em seguida, o presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem), Gilberto Câmara França Júnior, igualmente parabenizou a nova diretora e afirmou que a entidade de classe está de portas abertas para contribuir com a Escola Superior. “Desejo boa sorte e a Ampem está à disposição para parcerias institucionais”.

Na avaliação do procurador-geral de justiça, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, ao oferecer boa preparação e espaços de reflexão a todos os que integram o Ministério Público, as pessoas que compõem a sociedade receberão um melhor tratamento de suas demandas.

“A Escola Superior pode e certamente olhará para fora de seus muros ao oferecer cursos à comunidade, estreitando de uma outra forma os laços que unem o Ministério Público e a sociedade. É sabido que o preconceito, a discriminação, a intolerância e o desrespeito à diversidade cultural existem no país. Todavia, a Escola Superior também tem a missão de desconstruir essas violações, através da educação, instrumento inigualável para concretizar o princípio da igualdade”, afirmou Nicolau.

O diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Carlos Henrique Rodrigues Vieira, e o diretor-geral da Procuradoria Geral de Justiça, Júlio César Guimarães, também participaram da solenidade.

POSSE DA PROMOTORA KARLA.

FONTE: CCOM-MPMA

Você pode gostar...