FALSO CORRETOR É PRESO ACUSADO DE DA GOLPE EM MAIS DE R$127 MIL.

ESTELIONATÁRIO ROBERT SANTOS MONTEIRO.

GOLPISTA ROBERT SANTOS MONTEIRO.

SÃO LUÍS – Pelo menos vinte pessoas reconheceram Robert Santos Monteiro, 46 anos, como o suspeito de aplicar golpes imobiliários em São Luís. O alvo dele eram famílias atrás da realização do sonho de adquirir a casa própria. Uma delas revelou a polícia ter tido prejuízo de mais de R$ 127 mil. Em depoimento a polícia, Rosânia Gonçalves, contou que depositava valores na conta da esposa de Robert e, também, entregava dinheiro ao falso corretor . “Perdi mais de R 127 mil.

Primeiro ele me iludiu e chegou a vender um apartamento no bairro do Turu. Vendeu direitinho e eu peguei confiança nele daí”, disse a vítima do golpe. Segundo a polícia, Robert Santos Monteiro chegou a usar os nomes da Caixa Econômica Federal e de uma construtora para dar legitimidade ao golpe. Número de vítimas ainda é desconhecido. Ele atuava, principalmente, no município de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

A delegada do 4º Distrito de Polícia Civil, no bairro do Vinhais, Viviane Fontenele, disse que o número de vítimas do golpista ainda é desconhecido. As investigações mostram que, para aquisição de imóveis, pessoas chegaram a formar grupos aqui na capital. “Ele levava as vítimas para olhar o imóvel e fazia a venda. Pegava o dinheiro dos clientes como pretexto de dar entrada e pagamento de taxa, algo que não se concretizava”, disse.

Quem reconhecer o suspeito deve comparecer a Delegacia de Defraudações da capital, por causa da grande quantidade de vítimas. A ação que resultou na prisão do suspeito contou com a participação da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e agentes da Delegacia do Vinhais. Robert foi indiciado, inicialmente, por estelionato. O suspeito foi encaminhado ao Centro de Triagem, do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde está à disposição da Justiça.

Você pode gostar...