GOVERNO DE ROSEANA VAI DEIXA DIVERSAS OBRAS INACABADAS

OBRAS VENCIDAS.

OBRAS VENCIDAS.

MARANHÃO – Diversas obras anunciadas em campanha de 2010 pela governadora Roseana Sarney ficarão por concluir ao final do mandato da governadora. No prometido melhor governo da vida de Roseana, o que fica são canteiros de obras inacabadas e ainda com muito pra ser conclusas. Caso haja um esforço extremo para que elas sejam finalizadas, a chance é grande de o contribuinte ter serviços de péssima qualidade entregues.

A Via Expressa que deveria ter 9 km, está apenas com 2,3 km concluídos, e praticamente inutilizados, já que esta pequena parte só joga um número ainda maior de carros para a Avenida Jerônimo de Albuquerque, a mais congestionada da capital.

Mesmo com um longo trecho ainda para asfaltar e fazer acabamento, só haviam trabalhadores na ponta do lado da Avenida Daniel de La Touche, onde está sendo feito um elevado. Mas ainda existe muito serviço de tubulação de drenagem também por fazer. A obra que deveria ser entregue no aniversário de 400 anos de São Luís, continua a passos lentos, dois anos depois do prazo. Ela também está irregular por não conter a placa com recursos e prazo.

A duplicação MA 203, também chamado de corredor metropolitano, está com atraso e ainda com irregularidades nas placas, já que foram apagados os nomes do governo do estado no período eleitoral, para favorecer o candidato Gastão Vieira e dar impressão de que seria somente do Ministério do Turismo os recursos.

Iniciada em outubro de 2013, a obra tinha prazo de 300 dias. Mais de um ano depois, o que se vê é que ainda falta muito para concluir. Apenas as vias laterais estão feitas e ainda faltando asfalto em um trecho. Nas vias centrais, nada ainda foi feito. Ainda está sendo feito um viaduto na bifurcação que leva à Raposa. Apenas com a armação de concreto pronta e um poeirão no local, a conclusão ainda irá demorar. A obra está orçada em R$29,6 milhões.

A IV Centenário começou ainda no governo Jackson Lago, e, em seis anos do governo Roseana, muito ainda falta para a conclusão da obra. Orçada em 31,2 milhões, a obra segue lentamente. O prazo de conclusão era março de 2014 e a parte asfaltada ainda é muito pequena. A grande maioria da obra ainda passa pela base e sub-base. Ainda faltam a imprimação e o asfalto. A ciclovia e a calçada para os pedestres, então, nem pensar. Apesar disso, o encarregado que conversou com o titular do blog, garantiu que até dezembro entrega a obra. Durante a visita foi possível perceber que seria muito difícil cumprir a promessa, fazendo um serviço de qualidade.

O que se vê são obras anunciadas com pompa e circunstância para a melhoria do trânsito na Grande São Luís, onde nenhuma foi entregue. E faltam dois meses para o final do mandato. Ou menos, caso a governadora decida deixar a cadeira mais cedo isso lembrando os municípios maranhenses que tem muitos convênios pela metade.

Você pode gostar...