GOVERNO DO ESTADO E PREFEITURA DE SÃO LUÍS INICIAM OFICIALMENTE O “CARNAVAL DE TODOS”.

O governador Flávio Dino, ao lado dos secretários municipais Lula Fylho (Governo) e Marlon Botão (Cultura), e do secretário estadual de Cultura, Diego Galdino, abriu as festividades do ‘reinado de Momo’.

O governador Flávio Dino, ao lado dos secretários municipais Lula Fylho (Governo) e Marlon Botão (Cultura), e do secretário estadual de Cultura, Diego Galdino, abriu as festividades do ‘reinado de Momo’.

MARANHÃO – Foi dada a largada para o ‘Carnaval de Todos’, em São Luís. Na noite desta sexta-feira (5), o governador Flávio Dino, ao lado dos secretários municipais Lula Fylho (Governo) e Marlon Botão (Cultura), e do secretário estadual de Cultura, Diego Galdino, abriu as festividades do ‘reinado de Momo’, em solenidade realizada na Casa do Maranhão, na Praia Grande. Pelo segundo ano consecutivo o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís firmaram parceria para garantir a alegria e segurança durante os cinco dias de festa, com a apresentação de mais de 130 atrações nos quatro circuitos oficiais da folia, concentrados no Centro Histórico de São Luís.

“A nossa expectativa é de cinco dias de alegria e muita paz. Nós preparamos uma estrutura muito boa, tranquila, que vai garantir a todos aqueles que queiram participar do carnaval, seja maranhense, seja aquele que nos visitam que tenham a certeza de encontrar manifestações culturais de grande qualidade de muita diversidade, pluralidade, além de uma estrutura de segurança e produção capaz de garantir uma belíssima festa. Tenho certeza que a partir de hoje teremos, na passarela do samba, nos circuitos do Laborarte, Madre Deus, Ceprama e da Praia Grande, momentos de muita alegria e daquilo que o Maranhão tem de melhor”, disse o governador Flávio Dino, logo após realizar a entrega simbólica das chaves da cidade ao Rei Momo de 2016.

Para este ano a novidade será a realização das festividades ainda no período matutino, com o objetivo de possibilitar com que várias famílias possam brincar com muita tranquilidade. “A expectativa é de pura emoção. Que o maranhense possa usufruir de toda riqueza de nossa cultura popular, resgatando o carnaval tradicional, de dia. A partir de amanhã a gente começa o carnaval às 11h e a gente tem muita esperança de mais um carnaval de sucesso e que a partir dos próximos anos o carnaval do Maranhão seja um dos maiores do país”, ressaltou o secretário interino de Cultura, Diego Galdino.

Assim como em 2015, a organização do carnaval de forma compartilhada foi outro ponto ressaltado durante a largada oficial das festividades, como lembrou o secretário municipal de Governo, Lula Fylho. “Fica claro que a cidade ganha com esta parceria à medida em que Governo e Prefeitura se unem para fazer uma festa tradicional, valorizando a segurança, a alegria, valorizando sobretudo a geração de emprego e renda, principalmente em um momento como esse em que a população carece de oportunidades em relação à economia. Com essa parceria o prefeito Edivaldo e o governador Flávio Dino entendem a importância desses investimentos para fortalecimento da cultura em uma festa popular, tradicional, cheia de vida que é o Carnaval”.

Outro aspecto positivo na parceria entre os dois governos é ampliação das atrações ao público. “Estamos nessa parceria com o governo do Estado, ampliando as ações. Na Passarela do Samba, por exemplo, além do que já temos, das escolas, dos grupos, vamos fazer o Baile da Cidade, atraindo o maior número da população para um local bonito, tendo um investimento significativo. Além disso, estamos dando os apoios para as diversas regiões. Da zona rural ao Centro nós vamos ter programações culturais acontecendo no circuito, com o Estado coordenando uma parte e a gente coordenando a outra”, afirmou secretário de Cultura da capital, Marlon Botão.

GOVERNADOR FLÁVIO DINO E A PRIMEIRA DAMA NO REVIVER.

GOVERNADOR FLÁVIO DINO E A PRIMEIRA DAMA NO REVIVER.

Resgate do carnaval diurno

A novidade deste ano é que a festa, além do período noturno, acontecerá também pela manhã e tarde. Serão 37 Blocos Tradicionais, 12 Blocos Organizados, 10 Escolas de Samba, 13 Tribos de Índio, 11 Blocos Afro, 16 Blocos Alternativos, 30 grupos de Tambor de Crioula e quatro turmas de samba, além de bandas e artistas que farão shows solo.

Os blocos e artistas passarão por quatro circuitos, todos no centro de São Luís. Os circuitos 1 e 2 são na Madre Deus. O circuito 1 começa na Vila Gracinha e termina no Largo do Caroçudo, passando pela Praça da Saudade e pelo canto do Cemitério do Gavião. Já o circuito 2 inicia na Rua São Pantaleão, passando pelo Largo Santiago e indo até o Ceprama. O circuito 3 será entre a RFFSA ao Laborarte, contemplando dois palcos, sendo que um deles será dedicado exclusivamente para programação infantil. O circuito 4 começará na Casa do Maranhão e será finalizado na Praça Nauro Machado, passando pela Rua Portugal.

Segurança

Para que a folia fique completa e decorra com tranquilidade, estarão nas ruas 64% policiais militares a mais que no ano passado. Nos circuitos oficiais, serão 2.309 policiais em operação entre os dias 5 e 10 de fevereiro, na região central da capital maranhense. Em toda a região metropolitana, 3 mil homens atuarão no patrulhamento ostensivo.

Você pode gostar...