Grupo chinês vai investir R$ 400 milhões em porto de São Luís.

PORTO DO ITAQUI.

PORTO DO ITAQUI.

SÃO LUÍS – A China Communications Construction Company (CCCC), conglomerado chinês de infraestrutura e equipamentos pesados, vai desembolsar R$ 400 milhões para ter uma fatia de participação no Terminal de Uso Privado de São Luís, no estado do Maranhão. O termo de compromisso foi assinado esta semana com a empresa WPR, que pertence ao grupo WTorre.

Pelo acordo, a companhia chinesa entrará como investidora no projeto, orçado em R$ 1,5 bilhão, segundo reportagem publicada no jornal “Valor Econômico”. A construção do terminal está prevista para começar no segundo semestre e deve durar até dois anos. A unidade irá movimentar cerca de 24,8 milhões de toneladas por ano quando estiver pronto.

Ainda nesta semana, o conglomerado da China inaugurou um escritório em São Paulo para cuidar dos negócios do grupo na América do Sul, onde quer aumentar sua presença. A região hoje representa 1% do faturamento da subsidiária internacional da empresa. O montante que a CCCC vai investir no terminal de São Luís é parte do pacote de US$ 1 bilhão que a companhia pretende investir no Brasil.

 

Você pode gostar...