Ideb de Morros aponta que educação é pior com Sidrack

Sidrack reprova educação de Morros no Ideb.

MORROS/MA = A divulgação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) pelo Ministério da Educação (MEC), essa semana, trouxe uma má notícia para Morros: O ensino municipal perdeu posições no ranking das séries iniciais.

A cidade , localizada  na região do Munim, composta por 12 municípios já foi referência em educação há muito tempo atrás, mas infelizmente dados divulgados por INEP em 15 de setembro de 2020 expõe uma triste realidade, haja vista que o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) – composto de um cálculo envolvendo a aprendizagem dos alunos em português e matemática multiplicado por taxa de  aprovação, gera a média da qualidade educacional.

O resultado negativo tem uma explicação: o descaso, abandono e desgoverno que tem atualmente no município, onde enfrenta fechamento de várias escolas e retirada de direito dos profissionais da educação.

Com tantas outras mazelas, os resultados não poderiam ser diferentes. Enquanto a nível de Brasil a maioria dos municípios avançaram, melhoraram os seus indicadores educacionais, no município morruense a situação é diferente.

Alguns poderiam dizer que não podemos comparar Morros a outras regiões mais desenvolvidas do Brasil, certo? Tudo bem! Então vamos nos reportar e comparar apenas na região do Munim, onde os municípios tem características semelhantes em vários aspectos.

Mesmo fazendo um comparativo local, ainda assim o problema persiste. Ou seja, Morros tem índices educacionais vergonhosos chegando, inclusive, na contramão das outras cidades do Munim.

A situação que mostra o retrocesso do IDEB é uma comparação entre os dados divulgado em agosto de 2018 para o IDEB de 2019 e no divulgado em 15 de setembro 2020, em relação aos anos finais do ensino fundamental.

Numa realidade local, por exemplo, o município de Rosário tem indicador 4.5, o maior da região e Morros tem indicador de 3.5. Até Cachoeira Grande que um dia já pertenceu a Morros, pontua com indicador de 4.1.

Quando comparamos por escolas observamos que a  melhor escola pública nos anos finais da região é a Unidade Integrada Maria José Macau, localizada em Rosário. A unidade obteve umm IDEB 5.3.

Além dela e a Escola Municipal Professora Maria Celeste Marques, do município de Cachoeira Grande obteve nota no IDEB de 4.0

Em Morros, que um dia foi a ‘Princesa do Munim’, também na área educacional a unidade de ensino que teve uma pontuação “melhor ” foi a Escola Municipal Gregorio Lopes de Sousa,  com indicador de apenas 3.6.

Por conta dos números vergonhosos, se faz necessário uma reflexão. Quanto o atual (des) governo em Morros já pagou de aluguel  até o final de agosto de 2020 ao  senhor Zezinho Lopes – só para citar um um dos exemplos –  dono do centro administrativo?

Será se para o prefeito Sidrack Feitosa é melhor privilegiar donos de imóveis com valores altíssimos do que investir na educação digna e de qualidade?

FONTE: BLOG DO ANTONIO MARTINS.

RESULTADO DO IDEB.

IDEB 2019.

IDEB DO ENSINO FUNDAMENTAL.

Você pode gostar...