Márcio Jerry repudia ataques de Wellington do Curso a médicos cubanos: “sócio da morte”

DEPUTADO MARCIO JERRY REPUDIA DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO.

MARANHÃO – Em entrevista ao programa Comando da Manhã, apresentado por Gilberto Lima, na Rádio Timbira, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) repudiou os ataques proferidos pelo deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) a um médico cubano. Para o comunista, o tucano age como “sócio da morte” ao ficar peregrinando nas unidades de saúde para trabalhar a favor do coronavírus e contra o governo do Estado.

Jerry foi enfático ao repudiar Wellington, que “vai para dentro de hospital, constranger, humilhar”, e comparou a ação do deputado estadual a um vírus nocivo, repugnante e nojento.

O parlamentar do PCdoB lembrou que a medicina cubana tem referência internacional. “Esse é um fato. Itália recebeu de braços abertos, Espanha, vários países receberam profissionais de Cuba”, destacou, ao rejeitar o comportamento xenófobo e preconceituoso de Wellington do Curso.

Para Márcio Jerry, o tucano precisa fazer um exame de consciente e para de ser sócio da morte para ajudar a vida. “Deveria ter a grandeza de se juntar a salvar vidas, e não a ficar peregrinando atrás da morte, fazendo mau agouro, constrangendo médicos, inventando fake news”, completou o deputado federal.

Você pode gostar...