Milhares de maranhenses são beneficiados com entrega de alimentos pelo Governo do Estado

Programa Restaurante Popular disponibiliza as refeições.

MARANHÃO – Famílias maranhenses da capital e interiores estão recebendo importante auxílio neste momento de pandemia do coronavírus, com a ação de distribuição de alimentos, realizada pelo Governo do Estado. População de mais de 30 municípios e na capital, em mais de 40 bairros vem sendo contemplada com o benefício. O público são famílias em vulnerabilidade social, moradores de ruas e afetados pelas chuvas. Somam milhares de entregas entre cestas básicas e refeições.
Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) realizam a distribuição desde o início de abril e já ultrapassaram as 62 mil cestas de alimentos entregues em diversos municípios, de abril até agora. Além das cidades da Região Metropolitana de São Luís, são contemplados ainda municípios das regiões Tocantina, Baixada, Lençóis Maranhenses. Na Grande Ilha, moradores de 48 bairros receberam o auxílio. Entre as cidades do interior, estão Imperatriz, Trizidela do Vale, Chapadinha, Bacabal, Santa Inês, Barreirinhas, Pinheiro e Açailândia.  

“Todas as comunidades atendidas se sentem agradecidas com este apoio, em um momento de grande preocupação e que requer todo o cuidado. Temos seguido os protocolos para que estes alimentos cheguem a quem precisa e sem qualquer risco a saúde dos beneficiados e das nossas equipes. O Governo do Estado é o parceiro firme nesta batalha e temos a satisfação em dizer do êxito neste apoio à população do nosso Estado”, reforça o comandante geral do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo.

As cestas básicas são adquiridas em parceria Governo, via Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) e iniciativa privada. As refeições são disponibilizadas pelo programa Restaurante Popular, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes) e ações de demais órgãos estaduais como as secretarias de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Agricultura Familiar (SAF), Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) e outras.

A SAF, em parceria com a Secretaria de Estado de Governo (Segov), distribui 12 mil cestas com itens da agricultura familiar. A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) contemplou artesãos, guias de turismo, condutores de lanchas e veículos nos polos São Luís, Raposa e Lençóis, com a distribuição de 800 cestas de alimentos. Campanhas internas, a exemplo de promovidas pela Fapema, Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), vêm contribuindo para prestar apoio a segmentos diversos. 

“A entrega das cestas vem para amenizar a vulnerabilidade social que as famílias estão vivenciado, tendo em vista que muitas sobrevivem com até um salário mínimo, isso quando o possuem. Paralelamente, traz um pouco mais de tranquilidade e sinaliza que estamos acompanhando de perto todo esse contexto e buscando alternativas para essa situação”, pontua a presidente da Funac, Sorimar Sabóia. Em articulação com a Secretaria de Estado da Cultura (Secma), a instituição conseguiu 231 cestas para famílias dos socioeducandos em diversos municípios do Estado.

Você pode gostar...