MISTÉRIO: HOLANDÊS É ASSASSINADO DENTRO DE SUA EMBARCAÇÃO EM SÃO LUÍS.

CORPO DO HOLANDÊS MORTO.

CORPO DO HOLANDÊS MORTO.

SÃO LUÍS – Um homem identificado como Ronald François Wolbeek, de 60 anos, natural da Holanda, foi assassinado na madrugada deste domingo (15), na Baía de São Marcos, em São Luís, na área da Ponta D´Areia. Segundo informações da Companhia de Policiamento de Turismo (CPTur), o holandês estava acompanhado da esposa, Maria Rawi, de 69 anos, em uma embarcação particular, de bandeira holandesa. O casal foi surpreendido por três homens armados e um deles acabou disparando contra o peito da vítima, que não resistiu e morreu.

De acordo com informações passadas pelo Major Roberto, da CPTur, o casal estava no Brasil desde o dia o 21 de dezembro e havia chegado ao Maranhão às 17h de sábado (14), vindo de Recife(PE). O barco nem chegou a atracar no cais do Iate Clube. Por volta da meia-noite deste domingo(15), o alarme da embarcação disparou e a vítima foi até a área externa verificar o que estava acontecendo. Nesse momento, três homens entraram no barco e renderam o casal. Assustado, Ronald saiu e se deparou com os três homens, ordenando que os mesmos saíssem da embarcação, mas terminou sendo baleado no peito. 
Após o disparo, os suspeitos fugiram em uma embarcação pequena, sem levar nada. Ao ver o marido ferido, Maria Rawi utilizou um bote salva-vidas para tentar chegar até a praia. Sem forças para remar, ela teria pulado na água e nadado até as proximidades de um hotel, onde encontrou uma guarnição policial.
Segundo o delegado Fernando Ferreira, Maria Rawi está prestando depoimento no Plantão Central do Parque do Bom Menino, em São Luís. Ela deve passar, também, por exame residuográfico, que permite identificar a presença de vestígios de pólvora. O corpo de Ronald François Wolbeek foi conduzido para o Instituto de Criminalística (Icrim). O caso está sendo conduzido pela Delegacia de Homicídios e deve ser encaminhado à Polícia Federal.
EXAME PERICIAL.

EXAME PERICIAL.

 

Você pode gostar...