Morre o ex-vereador de Rosário Waldiner Silva aos 69 anos

Morre, em São Luís, aos 69 anos, o ex-vereador Waldiner Silva.

ROSÁRIO/MA – Morreu nesta quinta-feira (23), aos 69 anos, por insuficiência respiratória causada por uma pneumonia, ex-vereador Waldiner José da Silva. O politico foi um dos treze parlamentares que compuseram a Constituinte Municipal de 1990, a qual deu origem à Lei Orgânica Municipal de Rosário, conforme documento em anexo.

De acordo com informações obtidas pelo blog, Waldiner estava internado no Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), em São Luís, após ser transferido da UPA da Cidade Operária, também na capital maranhense. No hospital, Waldiner chegou a ficar vários dias entubado. A família ainda não divulgou detalhes do velório e nem do enterro  do ex-parlamentar.

Trajetória
Natural de Rosário,  Waldiner era comerciante e morava no Distrito de Peri de Baixo, em Bacabeira, comunidade onde se destacou como líder comunitário e construiu sua carreira na vida pública. Ele foi um dos líderes políticos que trabalhou pela emancipação do município bacabeirense, em 1994. Se elegeu vereador pela primeira vez em 1988, que foi o primeiro pleito realizado, após a promulgação da Constituição Federal.

Ao lado de outros líderes do município como José de Ribamar Desterro, Antônio Canuto, Martinho Castro Ducarmo Ferreira e José Reinaldo da Silva Calvet, Waldiner foi um dos treze parlamentares que compuseram a Constituinte Municipal de 1990, a qual deu origem à Lei Orgânica Municipal de Rosário.

Lei Orgânica de Rosário mostra Waldiner como vereador constituinte.

Com a emancipação de Bacabeira, ele voltou a participar dos debates políticos no novo município. Nesse período, concorreu por uma vaga na Câmara Bacabeirense, mas não obteve êxito. Em 2004, Waldiner, que estava filiado ao PT, aceitou ser candidato à vice na chapa do empresário Rezende Bastos, que concorreu na época, pelo PSB.

Passou oito anos afastado dos debates políticos, mas retornou ao cenário em 2016, quando resolveu aceitar o convite para se filiar ao PSC, por onde disputou uma vaga ao cargo de vereador, ocupando apenas a décima suplência de sua coligação com 56 votos.

Entidades, políticos e autoridades de Bacabeira lamentaram a morte do ex-parlamentar. Em rede social, a prefeita Fernanda Gonçalo (PMN), disse que recebeu com profundo pesar a notícia. “Minha solidariedade aos familiares e amigos nesse triste momento.”

 

FONTE: ISAIAS ROCHA

Você pode gostar...