MPMA Encerra com premiação em Anajatuba “Projeto de combate à violência contra crianças e adolescentes”

O promotor de justiça Rodrigo Alves Cantanhede coordenou o evento.

ANAJATUBA/MA – Na manhã desta quinta-feira, 12, no Sindicato dos Servidores Públicos de Anajatuba (Sindtran), foi realizada a solenidade de encerramento e a premiação de 2019 do projeto “Informar, Prevenir, e Combater: Anajatuba no Combate à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes”. Além de autoridades do Ministério Público do Maranhão e de outras instituições do sistema de justiça, participaram do evento estudantes, professores, gestores e representantes da sociedade civil.

Idealizador do projeto, o promotor de justiça Rodrigo Alves Cantanhede coordenou o evento. A ação tem o objetivo de despertar a reflexão sobre a problemática da violência sexual contra crianças e adolescentes e suas implicações na vida familiar e social. Como resultado da campanha, os três melhores vídeos de bolso produzidos por estudantes do ensino médio da rede pública foram premiados.

Em 2019, a campanha envolveu mais de 600 pessoas e promoveu atividades na sede e em diversos povoados.

Venceu o concurso de vídeo de bolso a estudante Érica Silva Mendes, da escola Nina Rodrigues, que ganhou um smartphone. Premiada também com um aparelho celular, ficou na segunda colocação a aluna Rafaela Pereira Borges, da Escola Quilombola Anajubense. Em terceiro lugar, ficou o aluno Lucas Ariel Santana, da Escola Nina Rodrigues. que recebeu uma caixa de som bluetooth. Todos receberam também um certificado de participação no projeto.

Na ocasião, o promotor de justiça Rodrigo Alves Cantanhede ressaltou que foram realizadas atividades de prevenção envolvendo alunos, professores e pais, com a promoção de palestras sobre o tema, destacando a necessidade dos cuidados preventivos e a observação de sinais de crianças e adolescentes. “É extremamente gratificante o envolvimento da comunidade estudantil, que serve não apenas para despertar o interesse pelo tema como também promover a potencialidade dos alunos participantes, por meio do concurso de vídeo”, afirmou.

Também foram feitas capacitações com agentes de saúde e com outros profissionais da área. A ideia foi reforçar a importância da comunicação dos casos ao Ministério Público, Polícia Civil e Conselho Tutelar.

Rodrigo Alves Cantanhede disse, ainda, que o projeto não se encerra com a premiação, porque o Ministério Público continuará acompanhando todos os processos judiciais e os inquéritos policiais que envolvam a questão.

Representando o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, esteve presente o promotor de justiça Marco Antonio Santos Amorim, diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais – Secinst. “Iniciativas como esta demonstram o compromisso do Ministério Público na defesa e proteção das nossas crianças e adolescentes. Fiquei muito feliz em ver o engajamento dos alunos na construção dos vídeos e nas atividades em sala de aula. A melhor forma de atuar é agindo na prevenção. O promotor de justiça Rodrigo Cantanhede e toda a equipe estão de parabéns”, declarou.

Além dos representantes do Ministério Público do Maranhão, compuseram a mesa a secretária de Assistência Social, Cláudia Frota, que representou o prefeito; o conselheiro tutelar Telmo de Jesus Lopes; a coordenadora do Creas, Ana Karinina Machado Gomes; o juiz Bruno Chaves de Oliveira; a presidente da Câmara Municipal de Anajatuba, Maria do Rosário Aragão Rodrigues, entre outros.

GALERIA DE FOTOS

Solenidade de encerramento e a premiação de 2019 do projeto.

Sindicato dos Servidores Públicos de Anajatuba (Sindtran), local onde foi realizada a solenidade de encerramento e a premiação de 2019.

 

FONTE: CCOM-MPMA

Você pode gostar...