Novo presidente do TRE-MA afirma que calendário será mantido e planejamento é para eleição 4 de outubro

Desembargador Tyrone José Silva assumiu a presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA).

MARANHÃO – O desembargador Tyrone José Silva assumiu a presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) nesta terça (19), durante sessão solene por videoconferência transmitida pelo canal TRE-MA do Youtube que marcou também a posse do desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos como membro efetivo, vice-presidente e corregedor.

O novo presidente foi questionado pela imprensa sobre o planejamento caso a pandemia se estenda e a eleição tenha que ser adiada. Ele afirmou que todo planejamento e as ações são para a eleição na data marcada, mas que se existir uma mudança, o TRE-MA irá se adaptar.

“Estamos todos na expectativa de que dê tempo de realizar as nossas eleições. Não há qualquer tipo de pensamento e prognóstico do que será feito se a eleição não ocorrer no prazo determinado. Todos os nossos preparativos e atenções estão para realização das eleições na data. Se isso não acontecer, vamos pensar quais serão as medidas”, afirmou.

O novo corregedor também foi enfático ao afirmar que sua ideia é que a eleição ocorra na data. “Eu sou sempre otimista. O eminente ministro Barroso [próximo presidente do TSE] tem preconizado que não é partícipe da ideia de adiar as eleições. E assim eu penso. Vou oficiar nossos juízes eleitorais para cumprir rigorosamente o calendário”.

Assim, estão mantidas as datas do calendário. Já no mês que vem (junho), alguns prazos importantes do calendário como a divulgação do quantitativo de eleitores por município, o estabelecimento da quantia do fundo de campanha e envio da prestação de contas do partido.  Em julho serão as convenções. Em 16 de agosto começa a propaganda eleitoral.

Você pode gostar...