O MORADOR DE RUA NÃO RESISTIU ÀS QUEIMADURAS E VEM A ÓBITO.

Morador de rua Ivaldo Canário de Sousa, “Chitara” e o Daniel dos Santos Nogueira, 31 anos. acusado.

Morador de rua Ivaldo Canário de Sousa, “Chitara”não resistiu e vem a óbito.

SÃO LUÍS – O morador de rua “chitara” não resistiu às queimaduras e veio a óbito neste sábado (3), o morador de rua que foi identificado como Ivaldo Canário de Sousa. Ele  teve 90% do corpo queimado nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (2). Ele foi vítima de Daniel dos Santos Nogueira, de 31 anos, que ateou fogo em seu corpo logo após uma discussão. O crime aconteceu na Rua São Pantaleão, Centro de São Luís.

Daniel foi preso ainda ontem por homens do Serviço de Inteligência da Polícia Militar dentro de um ônibus no bairro do Anil e em seguida foi conduzido para a Delegacia de Homicídios. Durante depoimento, ele confessou o crime sendo autuado em flagrante pelo delegado Guilherme Sousa Filho.

Você pode gostar...