Pacto pela Aprendizagem vai entregar mais 200 ônibus escolares aos municípios.

Um dos ônibus escolares já entregues.

MARANHÃO – Uma das metas do Pacto Estadual pela Aprendizagem, lançado nesta semana pelo governador Flávio Dino, é a entrega de mais 200 ônibus escolares para os municípios. O Pacto é uma parceria entre Estado e cidades para melhorar o ensino nas escolas municipais, que abrigam os alunos dos ensinos infantil e fundamental.

Trata-se de um reforço no programa Escola Digna, lançado em 2015 e que já construiu, reformou ou reconstruiu cerca de 850 escolas no Maranhão.

Agora, o foco é na rede municipal. A ideia é fazer que os alunos aprendam o que precisam aprender na idade certa. Isso se chama aprendizagem adequada.

O Pacto pela Aprendizagem tem diversas metas e ações previstas. Entre elas, a entrega dos 200 ônibus até o fim do ano que vem.

Desde 2015, o Governo do Estado entregou 110 ônibus escolares e duas lanchas. Ou seja, a nova meta é ambiciosa e vai representar um impacto positivo muito grande para os municípios.

Milhares de livros

Outra meta é a entrega de kits pedagógicos para as escolas. Cada kit tem 110 livros de literatura infantil, fantoches, baú e jogos pedagógicos em madeira, incluindo um trenzinho de alfabeto.

Já foram entregues 98 kits nesta semana, o que representa mais de dez mil livros para os alunos.

O Pacto Estadual Pela Aprendizagem também prevê a melhoria das escolas municipais. É algo que já vem sendo feito pelo Escola Digna e terá continuidade, com construção e reformas de colégios públicos.

Também haverá cursos de aperfeiçoamento e formação para professores, assessoria técnica e outras ações.

Mesmo caminho

A base de todo o plano foi feita a partir de um trabalho exaustivo que deu origem ao Documento Curricular do Território Maranhense para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental. Ele vai servir de base para que as escolas das redes públicas e privadas elaborem seus projetos e planos de aula.

“O objetivo é intensificar o regime de colaboração mediante o lançamento das diretrizes curriculares, que é o documento de referência para todas as redes municipais de ensino no Maranhão seguirem no mesmo caminho”, disse o governador Flávio Dino.

“A união de esforços vai garantir o que desejamos, que o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) cresça neste e nos próximos anos. Isso significa qualidade de aprendizagem”, acrescentou.

Inovação

Para Ofélia Silva, representante da Unicef, “essa articulação e esse apoio técnico, além de forjar novas dinâmicas de inclusão escolar, são o que a Unicef vê como necessário e adequado para o Maranhão. A gente felicita e celebra essa parceria, muito importante”.

“Esse pacto vai nos ajudar muito porque só teremos resultado no ensino médio e fundamental se tivermos educação de qualidade na educação infantil. Esse pacto é uma inovação para a nossa educação, os municípios só têm a ganhar”, disse Magno Melo, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no Maranhão.

De acordo com Roberto Mauro Gurgel, presidente da Organização Mundial da Educação Pré-Escolar (OMEP) no Maranhão, “o fundamental da educação é a aprendizagem. Um jovem que passou pela escola e não aprendeu terá sua trajetória profissional comprometida. Pouco a pouco, o Maranhão estabelece uma qualidade de educação e social”.

Você pode gostar...