Polícia Civil prende acusado de matar ex-esposa a facadas, em São Luís.

João Batista foi preso pelo homicídio da ex-esposa, em São Luís.

SÃO LUÍS/MA – Policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa da (SHPP) prendeu João Batista dos Santos, na manhã desta segunda-feira (20), na Vila Nova República, em São Luís. Ele é acusado de matar a ex-esposa Domingas Ladyelle Maciel e estava foragido.

O caso é investigado pelo Departamento de Feminicídio da SHPP, que é comandada pela delegada Viviane Azambuja.

A técnica de enfermagem Domingas Ladyelle Maciel foi morta a facadas, na manhã do dia 16 de novembro, dentro da própria casa, no bairro Coroadinho. Em São Luís, este foi o 31º caso de feminicídio em 2017.

Horas depois do crime, a polícia já tinha elementos suficientes para suspeitar apenas de João Batista dos Santos.

“Ele foi visto por vizinhos saindo da casa logo após o crime e sujo de sangue. Ele também deixou lá dentro o capacete dele e saiu sem o capacete. Então todas as evidências apontam para ele e a gente realmente não tem dúvida”, declarou a delegada Viviane Azambuja. Segundo a Polícia Civil, o ex-marido da vítima trabalhava como porteiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga. Eles foram casados por 18 anos e estavam separados há 3 meses.

(FONTE: G1)

 

Você pode gostar...