PPS após realizar reunião em Brasília aprovou mudança de nome para “Cidadania 23”.

Para a senadora, cidadania plena é ter tratamento de esgoto, emprego, escola para os filhos, saúde, segurança e liberdade de expressão plena.

BRASÍLIA – Na esteira de um movimento de siglas que alteraram seus nomes para driblar o desgaste com a crise da representação política no País, integrantes do Partido Popular Socialista (PPS) aprovaram a mudança de nome do partido para Cidadania. A decisão foi tomada durante congresso extraordinário realizado na manhã de sábado,(23), em um hotel em Brasília. A senadora Eliziane Gama participou do evento.

Esta não é a primeira vez que o partido muda sua nomenclatura. Há 27 anos, se chamava Partido Comunista Brasileiro (PCB). Os filiados votaram entre os nomes Cidadania e Liberdade.

“Hoje no Congresso do PPS em Brasília aprovamos o novo nome do partido Cidadania 23. Nosso partido se notabilizou no Brasil pelo combate à corrupção e por ser fiscal do recurso público. Nós estamos aprovando esse novo nome e discutindo um novo olhar para a população brasileira. Precisamos de serenidade, precisamos ser contundentes no combate ao desemprego e a corrupção. Precisamos que o estado sirva aos que mais precisam, precisamos fomentar a cidadania plena para todos os brasileiros. Hoje somos Cidadania 23”, escreveu Eliziane em suas redes sociais.

Na Câmara dos Deputados, a bancada do Cidadania soma oito vagas, no Senado, são três parlamentares.

Para a senadora, cidadania plena é ter tratamento de esgoto, emprego, escola para os filhos, saúde, segurança e liberdade de expressão plena. “Temos que buscar isso e por isso a ideia de Cidadania é algo fundamental”, disse.

O presidente do partido, Roberto Freire, afirmou que o próximo passo será a escolha da logomarca do Cidadania. “É importante no novo momento que estamos vivendo decidir entre logomarcas. Ouvindo o máximo de especialistas com o mínimo de recursos possível e depois enviar para os diretórios estaduais do Cidadania para que depois a gente saiba qual a posição nacional do partido”, afirmou.

Você pode gostar...