Pré-candidato a vereador em São Luís é preso suspeito de matar idosa e roubar R$ 180 mil de sua conta 

POLICIA NO CEMITÉRIO DE PAÇO DO LUMIAR.

SÃO LUÍS/MA = Um pré-candidato a vereador de São Luís (MA ) foi preso nesta terça-feira (1º), em um condomínio de luxo onde mora no bairro do Calhau. Ele é acusado de envolvimento no desaparecimento e morte da aposentada Fátima Maria Evangelista dos Santos, 65 anos.

A Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento a mandado de prisão temporária e busca e apreensão contra um homem que realizou saques periódicos em valores aproximados de R$180.000,00. A conta corrente saqueada pertence à idosa Fátima Maria Evangelista dos Santos, de 65 anos, economista, que estava desaparecida e foi encontrada morta, na tarde desta terça-feira (1º), enterrada em cova clandestina no cemitério de Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís. O corpo estava enrolado em uma rede.

De acordo com informações da polícia, o suspeito, que é pré-candidato a vereador de São Luís, foi preso em um condomínio no Calhau, na residência onde estavam cartões bancários da vitima. As investigações reuniram elementos suficientes de varias ações criminosas praticadas pelo suspeito.

O delegado Felipe César informou que os suspeitos levaram o corpo até o cemitério e se identificaram como parentes da idosa a três coveiros, que ganharam 800 reais para enterrá-la.
A polícia efetuou a prisão de outro suspeito, que seria comparsa do candidato a vereador no crime. A Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) informou que autuará a dupla e os três coveiros por ocultação de cadáver, entre outros crimes. A polícia seguirá investigando o caso para descobrir as circunstâncias da morte da idosa, que ainda não ficaram esclarecidas.

LOCAL ONDE A IDOSA FOI ENTERRADA.

Você pode gostar...