Presidente e vice recebem o clube dos oficiais da PMMA em estado caótico

CAPITÃO WILLIAM, CORONEL LISBOA COM FUNCIONÁRIOS DA ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PMMA.

SÃO LUÍS/MA = Os presidentes eleitos para o clube dos oficiais da PMMA, capitão William e o vice coronel Lisboa, tomaram posse este mês e receberam o clube em estado caótico, totalmente destruidos com utensilios sem condições de uso.

Uma entidade representativa dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar da ativa, reserva remunerada e reforma com anos de existência que tem por escopo a defesa dos direitos, garantias e prerrogativas dos seus associados, foi totalmente sucateada.

O capitão William e o coronel Lisboa, se reuniram, este mês para tratar da recuperação da agremiação mais tradicional da PMMA, que é o clube dos oficiais, a se recuperar de sua pior crise. Segundo capitão William, o “Garotão”, um dos idealizadores e coordenadores da iniciativa, o objetivo é buscar alternativas que resolvam os problemas financeiros, trabalhistas e estruturais do clube, com muito trabalho e dedicação.

“Temos condições de superar os problemas e voltar a ter o clube dos oficiais que tínhamos antes”, disse coronel Lisboa. 

O clube dos Oficiais da PMMA vai trabalhar em conjunto com a diretoria e com os conselhos do clube. Nas reuniões, também vão ser discutidas soluções para os problemas dos associados, estadia e credibilidade do nosso clube.

Porque temos que recuperar nosso clube?

Por poder participar de uma entidade que tutela os direitos, garantias e prerrogativas dos Oficiais militares estaduais, tendo por objetivo o aprimoramento dos seus associados, proporcionar o lazer e a integração de gerações, contribuir para o desenvolvimento da sociedade capixaba. Veja abaixo a situação dos moveis encontrados no clube:

TUDO BAGUNÇADO.

SALA TOTALMENTE DESTRUÍDA.

MESA ENCONTRADA NO CLUBE SEM CONDIÇÕES DE USO.

GELADEIRAS EM ESTADO CAÓTICO.

DEPOIMENTO DOS OFICIAIS ELEITOS.

Você pode gostar...