PRESO SUSPEITO DE MATAR FUNCIONARIA DO HOSPITAL SÃO DOMINGOS EM SÃO LUÍS.

SUSPEITO DE MATAR FUNCIONÁRIA DO HOSPITAL.

SUSPEITO DE MATAR FUNCIONÁRIA DO HOSPITAL.

SÃO LUÍS – A polícia prendeu um homem nesta manhã de sábado, do mesmo ser o suspeito de ter matado Maira de Sousa Amorim. O homem foi identificado como Kelisson Fonseca Brandão, 22 anos. Em sua residência foi encontrada uma corda semelhante a utilizada para enforcar a moça. Ele foi encaminhado para o plantão da Vila Embratel. A polícia está investigando o caso.

ENTENDA O CASO:

O corpo de uma mulher identificada como Maiara de Sousa Amorim, 19 anos, foi localizado na manhã deste sábado (7) em um matagal ao lado do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A jovem, que estava desparecida desde a madrugada de ontem (6), foi morta a caminho do serviço.

Maiara residia no assentamento Laranjeira, localizado próximo ao presídio São Luís. A auxiliar administrativa trabalhava há cinco meses no Hospital São Domingos. Todos os dias, ela saia as 5h da madrugada e se deslocava para o ponto de ônibus as margens da BR-135. Na manhã de ontem (6), ela saiu de casa e, desde então, sumiu.

Maiara Amorim.

Maiara Amorim.

De acordo com informações do repórter Domingo Ribeiro, a vítima passava por um matagal ao lado do presídio. Ao fazer esse percurso, a jovem foi agarrada e enforcada com uma corda de nylon. A perícia realizará exames no corpo para saber se a jovem foi violentada sexualmente.

Segundo o esposo da vítima, identificado com Vagner, ela teria enviado uma mensagem para ele por volta das 7h30 da manhã. Após esse último contato, ele não teve mais informações sobre Maiara. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Luís.

Você pode gostar...