Prisão em flagrante do prefeito Mazinho Leite é convertida em preventiva

Prefeito de Cândido Mendes, José Ribamar Leite Araújo, o “Mazinho Leite”.

MARANHÃO = O desembargador Josemar Lopes Santos, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), converteu a prisão em flagrante do prefeito de Cândido Mendes, José Ribamar Leite Araújo, o “Mazinho Leite”, em prisão preventiva.

Mazinho foi preso em flagrante na manhã do dia 19 de agosto, por posse ilegal de armas, durante a Operação Cabanos, realizada pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), em parceria com a Policía Civil.

Na casa do gestor também foram encontrados mais de R$ 400 mil em espécie. Ele foi conduzido para a cidade de Godofredo Viana, onde foi autuado por posse ilegal de arma de fogo. Desde essa data, a defesa do prefeito se mobiliza para lhe colocar em liberdade, mas até agora não obteve exito. O advogado dele é Antônio Pereira de Oliveira Júnior.

DECISÃO DA PRISÃO.

DECISÃO FINAL.

Você pode gostar...