Sobre saída do PCdoB, Flávio Dino diz que não fará movimento sem debater com o partido

GOVERNADOR FLÁVIO DINO PERMANECE NO PCdoB.

MARANHÃO = O governador Flávio Dino se manifestou após a especulação de que ele estaria de malas prontas para o PSB e disputar a presidência da República pela legenda. O ex-governador de São Paulo Márcio França havia dito que sentia que Flávio estava indo para seu partido.

Em entrevista ao site Metrópolis, o governador descartou a saída. Segundo ele, qualquer projeto que envolva seu nome, necessariamente tem o envolvimento da legenda ou o que resultará das ações do seu grupo político.

“Não vou fazer nenhum movimento que não seja debatido com o PCdoB, porque eu tenho muito vínculo, amizade e lealdade. Minha tendência é esperar o debate com o PCdoB, e não um movimento individual”, disse.

Porém, Flávio admitiu que a situação do partido é difícil, que luta para sobreviver por conta da cláusula de barreira.

Pela regra, em 2018, por exemplo, última eleição geral, para superar a cláusula as legendas precisariam obter pelo menos 1,5% dos votos válidos em nove estados, e no mínimo 1% em cada uma das unidades federativas.

Na próxima, em 2022, esse índice será de 2% (ou eleger 11 deputados federais). Esse indicador foi desenhado para aumentar de forma progressiva. Em 2030, esse piso deverá ser de 3%.

Na última eleição presidencial o PCdoB O PCdoB, teve 1,61% do total de votos, um pouco acima do desempenho mínimo, mas abaixo do previsto para 2020. Em seguida, uniu-se ao Partido Pátria Livre (PPL). A possibilidade de nova fusão volta a ser aventada agora.

Você pode gostar...