TRE/MA terá que realizar plebiscito para saber se população quer criação do “Maranhão do Sul”

Proposta de criação do Maranhão do Sul volta a tramitar no Senado.

MARANHÃO – O projeto para criação do Maranhão do Sul foi protocolado nesta segunda-feira (19), no Senado Federal. De autoria do senador do Tocantins Siqueira Campos (DEM), o projeto de decreto legislativo já está tramitando na CCJ do Senado e pode provocar a divisão do Maranhão.

Entre as justificativas, o senador cita a diferença de colonização entre a região norte e sul do estado. Se o projeto for aprovado, o Tribunal Regional do Maranhão terá que realizar um plebiscito para que a população maranhense diga se quer ou não a divisão Estado.

Segundo o projeto, 49 municípios deixariam de fazer parte do Maranhão para compor o novo Estado, são eles:

Maranhão do Sul seria composto pelas cidades de Açailândia, Alto Parnaíba, Amarante, Arame, Balsas, Barra do Corda, Benedito Leite, Bom Jesus das Selvas, , Buriticupu, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Cidelândia, Davinópolis, Estreito, Feira Nova, Fernando Falcão, Formosa da serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Governador Edison Lobão, Grajaú, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itinga do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, João Lisboa, Lajeado Novo, Loreto, Mirador, Montes Altos, Nova Colina, Nova Iorque, Patos Bons, Porto Franco, Riachão, Ribamar Fiquene, Sambaíba, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas, São Francisco do Brejão, São João do Paraíso, São Pedro da Água Branca, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, Senador La Roque, Sítio Novo, Sucupira do Norte, Tasso Fragoso e Vila Nova dos Martírios.

Você pode gostar...