VEJA O VÍDEO DO ATAQUE AO JORNAL EM PARIS E SUSPEITO SE ENTREGA À POLÍCIA FRANCESA.

Kouachi.

Kouachi.

PARIS – O mais novo dos três suspeitos no ataque à redação do semanário “Charlie Hebdo” se entregou em uma delegacia de Charleville-Mezieres, e foi detido na noite desta quarta-feira. Hamyd Mourad, de 18 anos, suspeito de ter dirigido o carro no qual os dois atiradores fugiram, se apresentou por volta das 23h, e declarou que se entregou depois de ver seu nome circulando nas redes sociais.

Hamid seria cunhado dos irmãos Saïd e Cherif Kouachi, de 34 e 32 anos, apontados como possíveis responsáveis pelo ataque na redação do semanário. Chérif foi preso em 2008 por ligações com a al-Qaeda iraquiana. “Ele foi interrogado e está preso”, teria informado uma fonte ligada ao caso. Segundo a agência AFP, a polícia francesa deteve sete pessoas para interrogatórios, todas elas teriam ligações com os irmãos Kouachi. Além de Hamid Mourad, uma segunda pessoa teria sido detida em Charleville-Mézière, além de outras quatro em Reims e uma em Genevilliers. Há homens e mulheres no grupo.

Hamyd e os irmãos Saïd e Chérif Kouachi são suspeitos de terem invadido a redação do semanário, matando 12 pessoas e ferindo uma dezena. Após o massacre, os suspeitos fugiram em um carro preto. O veículo foi encontrado, mas, de acordo coma polícia, ele foi abandonado e os suspeitos, vestidos com roupas negras e usando máscaras, decidiram seguir em outro veículo.

— Perseguiremos esses criminosos pelo tempo que for necessário para que a justiça seja feita — afirmou o presidente François Hollande, que classificou o ato como “um atentado terrorista”.

O ataques aconteceram após o semanário publicar matérias e charges consideradas anti-islâmicas. O “Charlie Hebdo” já havia sido criticado no passado por publicar charges ironizando o profeta Maomé.

Jornalistas condenam ataque

A Associação Mundial de Jornais (WAN, na sigla em inglês) e o Fórum Mundial de Editores condenaram fortemente o ataque contra o semanário “Charlie Hebdo”, em Paris, que deixou 12 mortos e pelo menos cinco seriamente feridos nesta segunda-feira.

VEJA VÍDEOS DO ATAQUE TERRORISTA A SEDE DA REVISTA “CHARLIE HEBDO” EM PARIS.

 

Você pode gostar...